sábado, 8 de agosto de 2009

Fincador,ou Espera, Três em Um

Na foto da esquerda estão as cinco (5) esperas, também chamados de fincadores ou secretárias, que uso em torneios de pesca. Na da direita, também.

Nos torneios de pesca de praia se aprende "prá caramba", seja por pura observação, seja por conversa com os participantes.

Observando as "feras" do Clupesal, notei que eles usam pequenas esperas, com no máximo 70 cm, para colocar as varas que estão na "reserva", prontas e iscadas para serem lançadas quando uma das duas varas em uso for recolhida, ganhando assim um tempo precioso de "linha na água".

Eu costumo pescar em torneios com cinco varas, duas em uso e três na reserva, mas sempre levava as esperas padrões, de 1,47 m, com tubo de PVC de 40 mm. Convenhamos, cinco esperas de quase um metro e meio cada uma é uma porcaria para se carregar. Quando o setor sorteado fica distante - ai nem se fala.

A forma que encontrei para reduzir foi fabricar as três esperas menores de forma que "empilhadas", ficassem como se apenas uma fosse. Esse post mostra como fiz isso.

Lista de material
  1. Tubo de PVC de 40 mm com 33, 3 cm, com a extremidade bisotada.
  2. Luva de PVC 40 mm
  3. Não considerar, é a luva de 40 mm, item 2
  4. bucha de redução 40 X 25 mm
  5. Tubo de alumínio 1" com 36,5 mm, chanfrado a 45º na extremidade



Caso as varas que você possui não caibam em um tubo de 40 mm, é só substituir os componentes de PVC por de 50 mm. É claro que a lista acima deve ser multiplicada por três. Você também precisará de cola para PVC e rebite tipo POP.

Para bisotar a extremidade do tubo de PVC, esquente água em uma panela pequena e depois de ferver desligue o fogo e mergulhe a extremidade do tubo por 20 segundos (mais ou menos, depende da marca do tubo que você vai usar) e depois force a extremidade em em uma forma cônica, como a figura ao lado.






Para unir o tubo de alumínio a bucha de redução, você terá que limar a extremidade não chanfrada do tubo, bisotando-a. Para facilitar o encaixe mergulhe a bucha de redução na água quente e depois force o tubo de alumínio.










Pegue a furadeira e faça furos para que você possa colocar os rebites do tipo POP. Depois, é claro, coloque os rebites. Lembro que caso você tenha cortado o tubo de alumínio a exatamente 90º, bem certinho, e que ele tenha ficado bem assentado na rebarda da bucha de redução, você não precisará usar rebites.











Pronto. Agora é só fazer o encaixe e repetir essas operações mais duas vezes que a sua espera 3 em 1 estará pronta. Para o transporte, use tiras de borracha para unir as esperas empilhadas.

Lembro que se o seu objetivo é fazer as esperas "de combate", aquelas que ficam com as linhas lançadas, efetivamente pescando, este post não é aplicável pois as forças aplicadas pela "batida" de um peixe na junção do alumínio com o PVC são bem grandes e será necessário um reforço com massa epóxi. Veja no Blog DIGA AI MEU PEIXE como fazer, clicando aqui.


Se você está vendo um único post, clique na figura abaixo para ir ao Blog Milpesca

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.