caiaque bahia

caiaque bahia
Visite o Caiaque Bahia - clique na imagem

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Milpesca na Banda (mais) Larga - Custo da Internet no Mundo

Embora o assunto não seja pesca de praia, não há como ficar indiferente a ele já que a manutenção deste blog passa pelos custos da conexão com a Internet.

Troquei a provedora de banda larga aqui de casa da OI para a GVT. Agora aos invés de pagar R$106,00 (operadora mais provedor consorciado a operadora) por ridículos 0,3 MB, agora, feitas as contas já que é um pacote, pago cerca de menos de R$ 50,00 por 3 MB, provedor incluso.

Nossos post estão saindo mais rápidos pois agora ao colocar as fotos não espero uma eternidade para serem enviadas. E em breve poderemos ter mais leitores pois todos os municípios brasileiros poderão ter banda larga, independentemente de ser ou não um bom negócio para as operadoras, já que será uma estatal.

Veja a reportagem do "Olhar Digital":




Mas ainda assim, não é barato. O mapa abaixo mostra o custo de conexão a Internet nos países que tem a Internet mais barata.
As informações são do blog Já Comparou. Clique aqui para ir ao blog www.jacomparou.com.br

Enquanto a Internet barata governamental (com custo mensal em torno dos R$ 35,00, cerca de US$ 19.40) para combater o cartel das telefônicas não chega a Salvador, que ficou de fora das 100 primeiras cidades brasileiras contempladas na primeira fase, a gente vai aturando a herança maldita deixada pelas privatizações criminosas. O Brasil foi o único país do mundo onde o avanço da tecnologia na década de 90 tornou as telecomunicações mais caras, graças ao descompromisso com o país de alguns maus brasileiros e a postura da ANATEL, que apenas protege as operadoras, clique aqui para ver.

Mas não é isso: Durante as eleições minha família recebeu diversos telefonemas onde uma gravação, sem identificação, falava sobre os "defeitos" de uma das candidatura. Nada sobre a qualidade e a identidade de quem estava promovendo a ligação. Como eram apenas três as candidaturas com chances e duas delas eram "malhadas" ficou fácil saber qual candidatura estava por trás da mensagem.

Como o forte do candidato e do seu partido que patrocinava a ligação não é gerar empregos, até a ligação era uma gravação, não tinha um operador interagindo com você, como no telemarting. Um absurdo.

Vamos torcer e cobrar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.