caiaque bahia

caiaque bahia
Visite o Caiaque Bahia - clique na imagem

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Diário de Torneio XIV

A Primeira Etapa do VIII Torneio Individual do Clupesal realizou-se neste domingo na Praia das Ruínas do Hotel, em Porto Sauípe.

Neste relato, em homenagem aos três pescadores que participavam pela primeira vez de um torneio, Marcelo, Ricardo e Bruno, contarei detalhes da participação do Bruno, já que a performance do Bruno poderia ter sido a performance de qualquer um dos três, mas o Bruno teve a sorte de cair na raia certa, a raia 6, ao norte da minha raia.

(clique nas imagens para ampliá-las)
O domingo não amanheceu muito legal e logo cedo tivemos uma forte chuva aqui no Principado de Stella Maris, mas não foi suficiente para nos assustar. Saímos de casa as 05h40min, eu Ana Luiza e o Bruno. Como o sorteio estava marcado para as 07h00min, tive que dirigir rápido e fiz uma ultrapassem arriscada na estrada. Não mais sairei mais atrasado ou apressado.

O Bruno, namorado da Ana Luiza, já pescou várias vezes conosco, mas nunca em torneios. Durante a viagem fui tentando passar algumas dicas, a maioria aprendida com as "feras"do Clupesal, ressaltando a importância da principal interface com os peixes: anzol e isca. Muitos pescadores investem pesado em varas, molinetes e linhas e se recusam a pagar R$ 15,00 em um pacotinho de anzóis Gamakatsu, Sasame, Owner e Pinnacle ou ou ainda em perder tempo para colocar e amarrar a isca de forma que fiquem bem apresentáveis, justamente o mais importante na pescaria. o Bruno ouvia tudo atentamente.

Chegamos no local as 06:50 e o sorteio ocorreu as 07:15, pois esperávamos por 5 pescadores inscritos sendo que destes, três, por motivos diversos deram "no show". Fiquei com a raia 5, e por pura sorte o Bruno ficou com a raia 6, portanto fiquei como seu tutor. Também ficaram de tutor quem estava ao lado do Marcelo e do Ricardo, raias 2 e 3, ambos pescando pela primeira vez no Clupesal. Tivemos também o retorno do Juca e do André Barbosa. O André Barbosa ficou com a raia 15 e mesmo mancando resistiu a caminhada de quase meio quilometro de raias.

O foguete de início foi disparado as 08:10 para dar tempo aos que ficaram nas últimas raias de chegarem e se arrumarem. Lançadas as linhas, segundos depois vi que o Bruno já recolhia o primeiro peixe. E logo depois, na segunda vara, ele trouxe um dublê.
Eu buscava os peixes em distâncias diferentes e como nada acontecia, apelei para a espuminha com o material levíssimo (anzol Akita 2,5), e nada. Olhei para o Adelson que estava a minha direita e ele também não entusiasmava. Enquanto isso, ao lado, o Bruno trazia um belo barbudo (parati).

Passei então a lançar bem longe com a Sumax Surf Coast, recém comprado ao Ricardo que estava raia 2, foi quando "desencantei" com um pequeno bagre. E enquanto isso, o Bruno capturava outro dublê de bagres e cuidadosamente, conforme determinam o manual e o regulamento, cortava os ferrões.
Em minha raia os peixes estavam bem longe e pelo fato do mar estar "correndo" para o sul, tive que usar chumbadas de garra, o que atrapalhava os lançamentos. A vara Sumax Surf Coast também não ajudava e não consegui passar dos 100 metros com ela. A outra vara que eu usava, uma DAM Emotion, no máximo chegava aos 90 metros. Acho que ainda não acertei no uso da nova vara Sumax, pois seu desempenho no lançamento a longa distância está abaixo da Rainbow Coral e da Albatroz Killer que tenho.

Comecei finalmente a pegar alguns peixes, todos bagre e pequenos. E o Bruno ao lado não parava de pegar peixe, praticamente um a cada recolhida de vara.
Por volta das 11:00 notei que o Bruno estava "acabado", mesmo sendo jovem e tendo boa forma física. Ele não acreditava que um torneio de pesca de praia pudesse ser tão cansativo e estava sentado no sombreiro. Fui conversar com ele e ele contou-me que acabara de perder um grande peixe que rompeu a linha, bem na emenda com o líder. Seu ritmo diminuiu significativamente. O cara estava no "bagaço".

As 12h00 horas foi lançado o primeiro foguete do final e recolhi uma das varas, com um bagre. As 12h10 min foi lançado o foguete de encerramento e ao recolher a linha peguei um dublê de bagres, comemorado também pelo Adelson, que nesta etapa viu poucos peixes. Esse final salvou-me o dia. Fomos todos ao local de pesagem, a barraca do simpático Augusto que faz a melhor e mais cheirosa feijoada do Litoral Norte.

A pesagem foi feita pelo Deco Loureiro e eu ajudei. Esse momento final da pescaria requer a colaboraçào de todos, pois se um "garoto"como o Bruno estava cansadíssimo, que dizer dos "meninos mais velhos" como eu, André, Adelson e o Totó (José Carlos Valle)?

O Deco ficou em quinto lugar e recebeu a medalha das mãos do Joel.
O Bruno ficou com o quarto lugar, tendo direito a medalha. Se ele não tivesse "boiado" no finalzinho da pescaria certamente teria não só ficado com o primeiro lugar, como levaria a medalha de maior quantidade. Desejamos que ele alcance melhor forma física para conseguir melhores resultados. :-)Fiquei em terceiro e empatei na maior quantidade com o Alessandro Gentil, que por ele ter capturado a sua maior peça mais pesada que a minha, que é o primeiro critério de desempate, levou a medalha de maior quantidade.
Em segundo ficou o Maurício, e também levou a medalha do maior peixe, um bagre de quase um quilo. O Campeãozinho aos seus braços adorou.
Como nem ele nem o irmão dele, o Tarcísio, que juntos formam a Equipe Procurando Nemo, puderam ir a premiação final do Campeonato de Duplas, (estou devendo este post) na oportunidade também receberam o troféu de quarto lugar daquela competição.
O Alessandro Gentil fez "cabelo e barba": Campeão da Etapa e Maior Quantidade. Devido a compromissos, ele e o Juca não poderam esperar a pesagem e a premiação e receberá a medalha de maior quantidade e o troféu de primeiro lugar na próxima etapa. Parabéns.

Alguns dos grandes "feras" do Clupesal não ficaram entre os cinco primeiros, e alguns até abaixo dos "novatos", o que é um fato normal. O resultado oficial será publicado pelo Clupesal.As fotos são de Ana Luiza.


11 comentários:

  1. muito legal o texto,so serve de incentivo,agora aqui pra nos,teve um pouquinnho de orgulho
    parabens ao bruno
    abraços toto

    ResponderExcluir
  2. Muito legal mesmo Milton!!

    Da maneira que você escreve parece realmente fácil pra os iniciantes, mas ainda tenho que fazer mais algumas pescas com você, pegar mais umas dicas como as que bruno pegou, e ai sim vou me arriscar. Rsssss
    Abraço,
    Ricardo.

    ResponderExcluir
  3. Sim, Zé, Totó, e também um pouco, um pouquinho só, de frustração por ele ter "boiado", pois faltou pouco para o pupilo "arrasar". Tem que usar Seu Belo, do alto de sua "experiência", como paradigma.

    ResponderExcluir
  4. Olá Ricardo. O sucesso em pescaria é determinado pelo encontro da competência com a oportunidade. Para você falta a oportunidade, ou foi seu irmão gêmeo que pescou conosco? Um abraço e obrigado pelo comentário.

    ResponderExcluir
  5. Vc Milton, sem duvidas é quem mantem este grupo unido...com seu Blog e o seu texto....fiquei surpreso pela colocação e muito contente...pena não esta lá para a festa, mas no proximo estarei la...e na briga!!!!
    Gentil

    ResponderExcluir
  6. Grande Milton,
    parabéns pelo belissimo relato. (Campeão!)
    Parabéns também ao Alessandro e aos novatos pela garra.
    Foi um dia incrível para mim, pois após muito tempo sem descanso, tive a oportunidade de pescar com os amigos e colocar a isca na água. Espero não faltar mais nennhuma etapa. Vocês são 10. Com a falta de peixes no meu setor, passei mais tempo pensando que pescando. "Que massa é pescar em torneios do Clupesal..."

    Agora vou pegar a estrada com Linda e espero voltar com algumas boas fotos.

    Grande abraço,

    Juca

    ResponderExcluir
  7. Obrigado, companheiro. Fico feliz em vocês falarem em descanso. Boa viagem e aproveitem.
    Milton

    ResponderExcluir
  8. Quero pedir desculpas pela minha demora em comentar. Descobri que pescaria é esporte para TRI-ATLETA! Com as dicas e o incentivo do meu mentor Milton, aliado com a sorte, consegui um excelente resultado (lembrando que preciso entrar numa academia urgente! rsrsrs). Muito obrigado por tudo Milton! Agradeço também aos membros do clube pela receptividade e dizer que gostei muito do esporte, terapia, religião, não sei como definir, só sei que é muito bom!!! Obrigado Toto! Ricardo, as dicas são muito eficientes sim, depois conversamos... Um abraço a todos!

    ResponderExcluir
  9. Fala Milton:
    Soh agora fiquei sabendo da existencia do seu Blog. Show de bola a resenha da 1a Etapa.
    Vcs. do Clupesal estao de parabens pela organizacao do Torneio.
    Vou ter que treinar muito pra chegar ao nivel da galera...

    []'s

    ResponderExcluir
  10. Bruno e Marcelo, obrigado pelos comentários. A presença de vocês engrandece o Clupesal.

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário.