caiaque bahia

caiaque bahia
Visite o Caiaque Bahia - clique na imagem

sexta-feira, 3 de março de 2017

Aquela isca que salva o seu dia de pesca

Ontem fomos eu e o Ronaldo ao Rio Jacuípe, aproveitando o fim dos feriados de carnaval e a consequente tranquilidade que reina no rio, sem os jets e sem barcos imensos, incompatíveis com a dimensão do rio, conduzidos, na maioria, por pessoas que abusaram do álcool.

Com o rio cheio, a água escura e os peixes ainda certamente assustados pelo trânsito intenso do dias anteriores e com a ausência de "iscas" (peixinhos que os robalos se alimentam) chegamos a incrível marca de 110 minutos (uma hora e cinquenta minutos) sem nenhuma ação, o que corresponde a cerca de 320 arremessos sem ataques, pois fazemos em média 150 arremessos por hora (veja aqui: https://www.youtube.com/watch?v=HNm8HLWqpig  )

Hora então de apelar para àquela de trabalho mais bruto, mas que sempre lhe livra do "sapato", do "dedão". Assista em 1080P:



Mas por que não usar a isca poderosa 70 desde o início?
Porque o trabalho mais confortável e fácil da poderosa pode ser realizado muito melhor e com mais produtividade por outras iscas de superfície e/ou meia água, e o próprio Nakamura e a Lucky Moldes, fabricante da isca, informam isso na página do produto. Para provocar o ataque por irritabilidade, como chamado "trabalho diferenciado" o arremesso tem que ser preciso, muito próximo a galhada, o que aumenta consideravelmente os "macacos" (enroscos) e os toques "vigorosos" em 150 arremessos por hora terminam por desgastar o pescador.


PODEROSA
Isca artificial de meia água com chocalho forte (Ratlin) garatéia reforçada 4 vezes e com a flutuação rápida. Excelente para utilizar na técnica conhecida por Catimbinha que faz o predador atacar principalmente por irritabilidade.
Trabalho Tradicional: Arremesse a PODEROSA no ponto desejado, em seguida o recolhimento contínuo, a PODEROSA terá o movimento uniforme, mas lembre-se de um detalhe muito importante, a presa ferida é a presa mais fácil para o predador, por isto durante o recolhimento dê um ou mais toques com a ponta de vara, a PODEROSA fará o movimento de um peixe ferido, momento mais oportuno para o ataque do predador.
Trabalho Diferenciado: Arremesse a PODEROSA no ponto desejado, em seguida dê um toque vigoroso coma ponta da vara, a PODEROSA afundará e voltará rapidamente para superfície, repita este trabalho várias vezes, pois desta forma mesmo o predador não estando com fome atacará a PODEROSA por irritabilidade. O ataque será fulminante.