caiaque bahia

caiaque bahia
Visite o Caiaque Bahia - clique na imagem

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Tacom Surf Leader 4,20 com Low Rider - O Teste

Na noite de sábado, madrugada do domingo choveu muito aqui em Stella Maris. No dia anterior tinha cancelado com o Célio e os amigos mineiros uma pescaria marcada.

Acordei cedo, 5:00 horas, e ainda chovia. Ao olhar os e-mails vi um do Tiago das 05:00 convidando-me para pescar. O tempo ainda estava nublado e inseguro para eu chamar o Célio e mandei uma mensagem aos mineiros via celular do irmão mas não tive resposta, certamente devido ao horário.

As o5:40 o Tiago chegou aqui em casa e fomos para Itacimirim. Ao chegar no acesso a Itacimirim, chovia e o tempo estava fechado e como lá não é bom na maré vazante fomos para Sauípe. Ao chegar lá o tempo estava melhorando e indicava bom tempo.
Na praia já tinha cerca de 12 varas, cinco delas de Seu Vilas, pescador habitual do local, e as outras de mais três pescadores.

Armei logo a vara Tacom recém modificada com uma carretilha Abu 6601 C4, com linha mono de o,30 e fiz o primeiro lançamento com uma chumbada de 115 gramas. O arremesso foi bom, cerca de 90 metros, mas senti que o peso estava pouco. Fui pegar uma chumbada de 125 gramas e descobri que não tenho mais nenhuma chumbada desse peso. Estava com mais duas chumbadas de 115, duas de 110, uma míssil e outra triangular e mais duas de 110 esférica. A chumbada seguinte era de 160 gramas. Tentei com ela mas senti que é pesada demais para a vara, apesar do casting (peso possível de lançamento) indicado na vara ser de até 300 gramas.

Embora tenha concluído que a vara ficou boa, que o espaçamento dos passadores está correto, certamente não tive um lançamento sequer que chegasse aos 100 metros. Vou fabricar mais chumbadas de 125 gramas e refazer o teste.

Quanto a pescaria, essa foi um sucesso. Pegamos cerca de sete quilos de peixes e os maiores foram bagres. Soltei diversas peças pequenas, só levei para mim os barbudos (paratis) e as pernas-de- moça (betaras) que pesquei e ainda assim foram 19 peixes que pesaram quase três quilos. Tivemos que aliviar o peso da caixa térmica, jogando fora água e gelo, para o Tiago subir a rampa de volta. Tiago levou 22 peixes.

Pescamos todo o tempo com pititinga média congelada, eu usei uma vara com anzóis offset gamakatsu número 2 e outra com um maruseigo ring eye 12, também da gamakatsu, já que só dava peixes na faixa das 200 gramas.

Já próximo a hora da saída, a vara que estava com os anzóis maruseigo recebeu uma forte batida, vergou bastante e voltou rápido, como que a linha tivesse partido. Ao puxar constatei o motivo: mesmo com a carretilha regulada para pouco peso, o anzol abriu. Ajudado pelo fato de estar usando linha multifilamento, que tem a elasticidade próxima do zero, sem amortecimento. Uma pena, pois teria sido o peixe do dia. Usar anzóis pequenos, embora aumentem a chance de capturas, nos sujeitam a casos como esse.
As 14:10 fomos embora e pegamos um engarrafamento de quase duas horas, desde a Praia do forte.

E a foto de Tiago já em sua casa, com os peixes que levou.

Se você está vendo um único post, clique na figura abaixo para ir ao Blog Milpesca




6 comentários:

  1. Prezado Milton,

    parabéns pelo seu blog. Além das informações interessantes, é muito agradável de se ler.

    Fiquei com uma dúvida quanto a carretilha ao fundo do anzol que abriu... parece um pouco diferenta da ABU 6600 c4 que eu tenho (além da cor e manivela no lado oposto). Fez alguma adaptação?

    Um feliz 2010!

    ResponderExcluir
  2. Meu caro; outro dia percebi vc meio que desmotivado com o blog. Por favor, em nome dos pescadores de praia, continue com esse trabalho que já é uma(senão a única)referência da pesca de praia na Bahia. Acho até que devia ampliar de blog para página, pois a participação seria bem relevante. Um bom 2010 e com bastante matéria e ensinamentos para nós, simples mortais das praias. abraços/alvaro

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado, amigo, por seu gentil comentário.
    Você tem razão, aquela carretilha da foto é uma Mariner Caster 400 5Bi abastecida com multifilamento 0,15 da Pelagic. A Abu estava vara TACOM com Low Rider que eu estava testando e usando nelas anzóis bem maiores (Gamakatisu offset número 2). Veja mais detalhes dela em http://www.milpesca.com/2009/09/troca-de-manivela-em-carretilhas.html

    ResponderExcluir
  4. Grande Álvaro. Ave. Muitíssimo obrigado pelos votos e palavras generosas. Pescaria e o que está ligado a ela nunca me desanimam, mas tenho trabalhado muito ultimamente. Meu Paiceiro de pesca, que sempre me anima, também andou meio devagar, mas estamos voltando. Um feliz 2010 para você e sua família. Milton

    ResponderExcluir
  5. Oi Tiago, faltaram os "peixões". Na próxima pegamos eles. Um abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário.