caiaque bahia

caiaque bahia
Visite o Caiaque Bahia - clique na imagem

domingo, 11 de setembro de 2011

Solunar - Teoria para ajudar a pegar mais peixes


Em pesca de praia cansamos de ouvir assertivas tais como "esta lua é boa para pesca", ou então "vamos marcar a pescaria para a lua nova".

Que a lua influencia as marés não há dúvidas, portando é crível que outros fatores como o sol, a pressão atmosférica e o vento também tenham efeitos diretos sobre a pescaria.

Em1926 um pescador chamado John Alden Knight construiu uma teoria baseada nas posições do sol e da lua a qual deu nome de SOLUNAR. Para tecer a teoria, ele estudou mais de 200 capturas, tabulando os dados. A teoria fez tanto sucesso, que o livro com essas tabelas chegou este ano a 77ª edição.Veja a foto ao lado. Para saber mais, clique aqui.

É claro que as tabelas contidas na publicação se aplicam aos USA e Canadá. Mas e para o Brasil?

Apesar de não termos nenhuma publicação do tipo, dois aplicativos encontrados na Internet baseados na Teoria Solunar podem nos ajudar.

O primeiro deles, Solunar Clock,é encontrado na loja do Google Chrome, mas gratuito, é simples e intuitivo. Em forma de um relógio analógico de 24 horas, ele marca os melhores momentos com um setor verde.
Você tem que fornecer o local onde será realizada a pescaria, o que você faz facilmente clicando no local de sua escolha no mapa que se abre.
Em seguida, digite a data da pescaria. Para o exemplo usei a data de 19/09 e o local indiquei Porto Sauípe pois teremos a Segunda Etapa do Torneio de Duplas do Clupesal nesses dia, local e horário.
O software indicou (no dia de hoje) que o melhor horário será entre as 09h50min e 11h40min. Vamos ver.

O segundo software, Fishreminder, usado para prover as informações do Solunar Clock, é mais completo e exige que você se cadastre, ou compre o serviço se quiser a Versão Pró, mas o funcionamento é bem semelhante ao Solunor Clock, principalmente na informação do local.
Uma facilidade adicional para usuários registrados é o envio de um email quando, para o seu local default, as condições forem boas. Na tela abaixo, escolhi ser avisado por e-mail 5 dias antes e mais um e-mailum dia antes.
Enjoy.

Informação incluída às 23h20min

Mal acabei de postar,recebi o e-mail abaixo enviado pelo Fishreminder:
Informação incluída às 05h10min do dia 12/09
Embora teoricamente os dois programas usem o mesmo algoritmo, detectei diferenças grandes entre o melhor horário para os mesmos dia e local. As diferenças também aparecem para uma consulta futura feita em tempos diferentes. Quando for pescar, vou consultar os dois programas imediatamente antes de sair e informarei.


sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Vara Marine Game Surf

Muitas vezes os amigos me solicitam a indicar para eles uma vara de pesca de praia com um bom custo e ótimo benefício.

Quando preço não é limitação, há várias varas disponíveis no mercado a partir dos R$500,00 até R$ 2400,00 e que não hesito em indicar. Abaixo dos R$ 250,00 é problema, pois as varas disponíveis são terríveis e o que se encontra de melhor são as telescópicas, tal como a Katarina, da Sumax, limitada em casting (peso que pode arremessar) e que chega a dar medo quando se tem uma maré cheia de sargaços.

Mas no domingo passado pescando com o Joel, Pernambuco e Dona Preta, lá em Porto Sauípe (pescariazinha devagar, de poucos peixes, quando fui recordista com apenas quatro peixinhos), o Pernambuco mostrou-me sua nova aquisição: uma vara Marine Game Surf, cuja foto está ao lado.

Leve, fina, bem acabada e de ação média para lenta, a varinha surpreendeu-me com sua beleza e seu "reel seat" (pegador do molinete) móvel, ajustando-se ao tamanho do braço do pescador. Fiquei acompanhando os lançamentos efetuados por Pernambuco e o comportamento foi muito bom, semelhante ao da vara DAM Emotion, embora a Marine seja um pouco mais rígida. Portando se você está buscando uma vara nesta faixa de preço, recomendo que considere a compra de uma varinha desta.

Custando de R$ 163, 00 (hoje, na Paraná Pesca) a R$220,00, a Game Surf também pode ser usada com carretilha adicionando-se alguns passadores, talvez até sem que se tenha que inverter os passadores originais em 180º.



terça-feira, 6 de setembro de 2011

Alvey Side Reel - Equipamento Inusitado

Por Milton e Juca Júnior

Inusitado, significa inesperado ou pouco usual. É o caso deste equipamento, continuando a postagem sobre equipamentos esquisitos e não usuais.

Você já pensou em pescar com um equipamento que lança como um molinete e recolhe como uma carretilha? E que além disso tem um carretel de quase três vezes o diâmetro dos carreteis dos molinetes mais usuais?

Comparativamente, o carretel do Alvey Side Reel para surfcasting é mais de duas vezes o diâmetro de carretel de um Daiwa Emcast 6000, considerado um "molinetão". Compare na figura abaixo, onde os equipamentos estão proporcionais entre si.


O Alvey Side Reel, ou "Molinete de Lado do Alvey", em uma tradução livre, foi inventado em 1920 por um australiano de nome Alvey que queria ter em um equipamento com muita linha, um longo arremesso com iscas grandes e pesadas e um rápido recolhimento, este último muito importante para a pesca de costão, em cima de pedras, onde a rapidez do recolhimento é fundamental para se trazer a chumbada e o peixe próximos à superfície, sem prender nas pedras.

Apesar de desenvolvido para a pesca de costão, é bastante usado em pesca de praia com varas que vão até 4,80 metros de comprimento, normalmente de ação lenta. Na internet há relatos de lançamentos com este equipamento em até 360 jardas, cerca de330 metros.

Este post foi estimulado pelo Juca Júnior, pescador do Clupesal e dono da comunidade Pesca de Praia, no Orkut, quando me enviou o vídeo cujo link está abaixo. Os vídeos seguintes, obtive na NET.

Para ver o vídeo enviado pelo Juca, cujos proprietários permitem o link mas não a incorporação em outras páginas, clique aqui. Notem os sapatos dos caras e a manobra que fazem no equipamento para lançar e recolher. Chama a atenção também o anzol, ou conjunto de anzóis, em uma montagem parecida com a que usamos quando a isca é pititinga boca de galo acima dos 12 cm.

Os vídeos de pesca de praia com o Side reel cujos proprietários permitem incorporação estão à seguir. No segundo vídeo tem a "batida" do peixe, aos 1`15`` , o momento mais esperado em uma pescaria.



E como é o equipamento internamente, detalhadamente.
Os preços dessses equipamentos vão de USD $ 50.00 até USD $ 300.00 e podem ser comprados na Europa e nos USA, além da Austrália. A página do fabricante com os equipamentos destinados ao surfcasting está à seguir.




sábado, 3 de setembro de 2011

"Soqueira" de Pesca - Equipamento estranho

Após longa ausência do Blog, volto a postar.

Antes de ter dado "uma parada" no blog, postei sobre alguns equipamentos que não eram os usais de pesca. Postei sobre a carretilha que é um molinete e sobre o molinete com "ondas" na borda do carretel.

Agora é um sobre o "soco inglês", ou em baianês, a "soqueira", que é usado para a pesca com linha de mão, ou o "barandão", como é conhecido aqui na Bahia.

Seu nome original é "Fishing Knuckles", algo que pode ser traduzido como "punhos para pesca".

Concebido por uma famosa designer, clique aqui para ver, temos dúvidas quanto a sua funcionalidade, mas não deixa de ser interessante.




Retorno

Andei um tempo sumido por estar com alguns projetos pessoais e profissionais em andamento.

Tenho feito algumas pescarias com os amigos, mas sem grandes resultados. O Fabian, o Ruy, Joel e o Cesar Bigode têm sido parceiros constantes.

Em uma delas consegui a "proeza" de pegar quatro garoupas de são tomé, a maior com cerca de 5 cm. Isso mesmo, amaior delas não passava das 6 gramas. Todas elas devolvidas.

Em outra pescaria, apesar de ter capturado apenas dois peixes galo médios e um minúsculo pampo, fiz a pescaria na companhia do Amorim e do Jairo, uma dupla companheira com quem eu não pescava há quase um ano.
O Jairo é irmão do pescador que é um ícone da pesca de praia em Stella Maris, Cesar Bigode. O Amorim é o cara que capturou o maior exemplar em pesca de praia que já vi, clique aqui para lembrar.

Mas neste dia o Amorim ficou no sapato, apenas eu e o Jairo pegamos peixes.