caiaque bahia

caiaque bahia
Visite o Caiaque Bahia - clique na imagem

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

A vara Tacom Surf Leader é a mesma Ryobi Proskier

No dia 15 de novembro, em uma pescaria em companhia do Deco e do Kesso, notamos as semelhanças entre as varas Ryobi Proskier de 4,20 m, do Deco, e Tacom Surf Leader de 3,90, minha. Fiquei curioso, mas como as varas tinham tamanhos diferentes não pudemos comparar mais a fundo.

No dia 18 de novembro fiz um post com um título parecido com esse, sendo que a única diferença para o presente post é a interrogação ao final. Neste post do dia 18/11 eu era interrogativo e nesse agora eu sou levado a ser assertivo. Para acessar o post inicial sobre esse assunto, o interrogativo, clique aqui.

Tudo começou quando eu dei atenção a uma vara Tacom de 3,90 m que estava "esquecida" aqui no gabinete e preparei ela para trabalhar também com carretilhas adicionando-lhe três passadores, clique aqui para ver o post. Após modificada, durante o teste a vara revelou-se excelente, o que me levou a uma garimpagem na internet até encontrar outra igual, a qual comprei e também modifiquei para o uso de carretilhas e molinetes.

Gostei tanto da Tacom que comprei outra de 4,20 m para presentear um amigo, mas houve um erro de endereçamento da loja e o Correios fez uma trapalhada "dos diabos", atrasou a entrega, e eu providenciei outro presente para o amigo para não "perder a data". Para não ficar com três varas Tacom, vendi uma delas essa semana e fiquei com duas, uma de 4,20m e outra de 3,90 m. É sobre a de 4,20 que vamos "falar".

Com a chegada da nova vara, enviei ao Deco a Tacom de 4,20 m juntamente com um paquimetro e pedi que ele pesasse comparativamente as seções da Tacom com as da Ryobi , usando a balança eletrônica que ele possui e que também comparasse os passadores, o butt cap, as borrachas terminais das duas seções de cima e medisse os diâmetros nas extremidades e meio de cada seção da vara.

Os resultados foram os seguintes:
  • informações de casting : iguais (cast de 150/300 gramas)
  • Passadores : iguais
  • butt cap : iguais
  • terminais (borrachinhas) das seções 1 e 2 = iguais
  • Reel Seat = Diferentes - Rosca fixo na Tacom e rosca deslizante na Ryobi
  • Diâmetros medidos nas extremidades e meio de cada seção : iguais
  • Pesos : conforme tabela abaixo
Cada seção de cada vara foi pesada três vezes, alternadamente, para verificação da repitibilidade da balança. No peso total foi considerado a soma de cada seção pois o tamanho da balança dificulta a pesagem simultânea das três seções.

Outras considerações:
  1. a vara Tacom Surf Leader é nova, nunca usada e a Ryobi já tem algum tempo de uso intenso o que pode explicar os menores pesos nas seções que são ventiladas (seções 2 e 3) , seja por ressecamento ou pura e simples cura das resinas e vernizes;
  2. a maior diferença nominal de peso está na terceira seção, justamente onde há o componente diferente entre as varas, o reel seat, o fixador de molinetes, e apesar disso a diferença de peso no total é de apenas 4,6%;
  3. quando desconsideramos o fator reel seat, e comparamos os pesos somados das seções 1 e 2, a diferença de pesos é de apenas 1%;
  4. é pratica comum dos importadores brasileiros de produtos para pesca de praia a disponibilização de um mesmo equipamento com marcas diferentes. Isso acontece principalmente com molinetes. No mercado mundial algumas linhas brasileiras são vendidas com marcas estrangeiras. Essa prática não significa que os produtos sejam necessariamente ruins, apenas que são os mesmos;
Conclusão: face aos dados e considerações acima e o conhecimento da performance das duas varas, (a de 3,90m é ótima com carretilhas) minha percepção é que são o mesmo produto com apenas o reel seat diferentes. Portanto, se o reel seat de altura ajustável, presente na Ryobi Proskier não é um requisito importante para você, recomendo que compre a Tacom Surf Leader a qual tem um preço de menos da metade da Ryobi Proskier.

O Deco quer fazer uma prova de esforço colocando pesos e comparando o curvamento das varas e deixei a Tacom com ele para que ele fizesse esse teste. Mas os dados acima e a similaridade de performance já me convencem.

Obrigado ao Deco por ter realizado a comparação.

As fotos são do Deco.

Se você está vendo um único post, clique na figura abaixo para ir ao Blog Milpesca



10 comentários:

  1. olá Milton! tenho fuçado a net atrás de coisas interessantes e tenho parado aqui.
    andei lendo um pouco a respeito deste post sobre as varas de aparência e peso similares. Então, o que acontece é o seguinte: temos dois ou três grandes fabricantes de blanks no mundo, china, korea e eua.
    os blanks mais vendidos são "ching lings", que diferente do que pensam as pessoas não são ruins, tem boa relação custo benefício e ótima qualidade de acabamento e matéria-prima. grandes marcas como: MITCHELL, DAM, OKUMA e até SHIMANO, encomendam seus blanks de lá, mas eles mesmo fornecem a matéria-prima na intenção de baratear mão de obra o que é mais caro no processo de industrialização de produtos. estes blanks viajam o mundo e param nas mão das fábricas MONTADORAS de varas de pesca que por sua vez tb compram acessórios da china, eua e korea. atualmente os melhores blanks saem da korea e são os mais elaborados e diversificados.
    Vocês podem se perguntar: e onde fica o Japão nesta história?
    o japão tb fabrica seus equipamentos, mas não tem uma mercado de volumes como os outros devido a sua alta tecnologia empregada na criação de seus produtos. comparemos uma vara made in china, korea e uma vara made in japan. qual das duas terá maior valor de venda? enfim, tenho trocado algumas idéias com montadores do sul do país e o resumo da obra é que, quase todas as marcas passam na china pra fazer suas compras.
    abx a todos do blog!

    ResponderExcluir
  2. Caro Anselmo, grato pela visita e pelo esclarecedor, didático e gentil comentário.
    Milton

    ResponderExcluir
  3. Milton, estou pensando em comprar uma nova vara para mim, essa seria uma boa aquisição?

    ResponderExcluir
  4. Essa vara, Lyncoln, tem um ótimo custo benefício apesar de ter um problema crônico de oxidação dos conectores, que não compromete a vara em si. Mas é difícil de encontrar. Custa menos de R$200,00. Tem uma versão II dela, que não conheço. Se você pesca em distâncias até 80 metros recomendo a DAM Emotion de 3,90, uma vara lenta e sensível para chumbos até 110 g. Se precisa jogar longe, a Surf Coast de 4,20 é ótima, rápida, mas os passadores são LR, diminutos, e travam a linha com o sargaço.

    ResponderExcluir
  5. Queria comprar uma vara que arremesse bem e que tenha um bom custo benefício até 250 reais. Eu estou querendo uma sem LR pois por aqui dá muito sargaço e na maioria das vezes uso linha 0,30 por conta disso. Vi um caniço da Marine Sports chamada game Surf, vc conhece? Agradeço mais uma vez a atenção!

    ResponderExcluir
  6. Olá Lyncoln, entendo a dificuldade, pois não há muitas opções nessa faixa. Não conheço a Game Surf. Uma boa idéia é interagir com os pescadores de praia de Recife e ver o que estão usando. A Killer de 4,20 é ultra rápida e custa um pouco mais. Se eu tivesse que comprar hoje uma vara rápida seria a Surf Coast.

    ResponderExcluir
  7. Ouvi falar muito bem da Surf Coast, mas o problema é o LR. Aqui em Recife tem muito sargaço e não sei se uma 0,20 suportaria aqueles dias de sargaço, entende? Você acha que ela lançaria bem com 0,30?

    ResponderExcluir
  8. É Lyncoln, com sargaço ela realmente não dá. O pessoal tem usado a Promax de 4,20 e não têm reclamado. Já deu uma olhada nela? A Pontal da pesca tem ela e a Killer de 4,20. A Killer é mais rápida, chega ser chamada de "um toco", mas é uma vara para toda vida.

    ResponderExcluir
  9. Milton, li que a Promax é boa, mas tem que fazer algumas modificações para ficar decente. Também li que a Killer é uma boa vara, mas pesada. O que vc acha dela?

    ResponderExcluir
  10. Sempre compro varas que possa usar também com carretilhas e que possam "sentir" peixes de 70 gramas a 100 metros. A Killer é muito "dura" para isso, embora se possa usar caretilhas nela até sem modificá-la. Experimente a PROMAX. Se não gostar, venda. É natural que se começe com uma vara mais bararta e dai vá se evoluindo de acordo com as características pessoais e ds lugares de pesca.

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário.