caiaque bahia

caiaque bahia
Visite o Caiaque Bahia - clique na imagem

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Primeira Maré Grande do Ano

Março é conhecido como o mês da grandes marés. Mas esse ano está adiantada e no último dia de fevereiro ela veio para valer, com uma altura de 2,80 m.
E na hora marcada, por volta das 16:00 horas, lavou toda a praia no Buraco do Padre encostando na vegetação, em uma cena rara.

Raras também foram as cenas que capturei, pena que no celular, do nascer da lua. Note, apesar da imagem de baixa resolução, que abaixo da lua, na primeira foto, esta passando um veleiro.
E quinze minutos depois, já escuro.
As 18:30 começaram a sair da vegetação vários gaiamuns que foram para a linha dágua desovar. Apesar de toda a maldade que fazemos ao meio ambiente, a natureza resiste, persiste e segue seu curso. Ficamos maravilhados com a desova, eu e o Aroaldo, outro pescador que ficou até mais tarde. Fiquei receoso de que alguém pudessem se aproveitar do momento para pegar os bichinhos, mas naquela hora passavam apenas turistas do hotel Catussaba e que apenas admiravam.

Mas tão raro quanto as imagens, foram os peixes. Peguei apenas uma carapeba, foto abaixo, e o Jorge que estava a minha direita ficou de "sapateiro" e o Aroaldo, até a hora que sai, também amargava um "sapato".
Tive também uma batida, não muito forte, mas o peixe escapou quando comecei a recolher.
Satisfiz a minha vontade de pescar, mas na primeira grande maré do ano os peixes não apareceram.

E por falar de vontade de pescar, essa eu recebi hoje por e-mail de um amigo que por força do trabalho está em regime de confinamento:

"RAPAZ, ESTOU AQUI EM TEMPO DE PESCAR NAS CALÇAS"
Roberto Martins



Se você está vendo um único post, clique na figura abaixo para ir ao Blog Milpesca - Pesca de Praia

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Suporte Para Guarda-Sol (umbrella ou sombreiro) de Praia

Em nossas pescarias, como ficamos várias horas na praia, o uso de uma umbrella, também chamada de guarda-sol, é altamente recomendável.

Como na maioria das vezes ficamos em areia fofa e seca, comum aqui no nordeste, adquiri a empresa LazerShop o saca areia com suporte da foto ao lado, a direita. Com ele terei tranquilidade de que o guarda-sol não será levado pelo vento por estar mal fixado na areia fofa.

informação incluída em 27/02/2010
Deco Loureiro informou-me que usa esse saca areia como "espera" (fincador) para as varas que têm o pé (butt cap) de pequeno diâmetro. Ele comprou aqui, no mercado local (supermercado Extra Paralela).

O preço foi uma pechincha: R$ 11,00 e o fornecedor enviou via e-sedex aqui para Salvador por apenas cerca de R$13,00.

O único problema é que o produto que a empresa enviou não foi o de rosca e sim o saca areia por sucção, da foto ao lado, a direita

Muito parecida com uma bomba de sacar corruptos, mas para a areia fofa e seca a efetividade é nenhuma.

Fiz a reclamação por e-mail e fui atendido pelo Senhor Matheus que fez a verificação do meu pedido e imediatamente enviou o material correto sem qualquer discussão, em um procedimento comercial louvável. Perguntei o que deveria fazer com a bomba de sucção e o Sr. Matheus informou que deveria ficar para mim, de brinde.

Parabéns a Lazershop. Clique na figura abaixo para visitar o site deles.


Se você está vendo um único post, clique na figura abaixo para ir ao Blog Milpesca - Pesca de Praia




segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Marés de Grande Amplitude

No final deste mês, na lua cheia, teremos dois dias com marés de grande amplitude, uma no dia 28 de fevereiro e outra no dia primeiro de março.

Amplitude é a medida entre uma maré alta e a seguinte maré baixa. No dia 28 de fevereiro teremos uma amplitude de 2,90 m (maré alta de 2,8 m e a baixa de -0,10 m).

Nesses dias os bitelões costumam aparecer na maré alta e estarei à espera.


DOM 28/02/2010 03:41 2.6


09:39 0.1


15:56 2.8


22:08 -0.1


SEG 01/03/2010 04:21 2.6


10:17 0.1


16:38 2.8


22:49 -0.1

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Bolsa Para Varas de Pesca de Praia

Uma semana sem postar. Mas estamos de volta.

Não pesquei durante o Carnaval. Fiz alguns passeios com a família, inclusive para Diogo, mas sem pescar. Até fiz uma tentativa de pescar no Buraco do Padre mas o sargaço escorraçou-me de lá. Já são quatro meses ininterruptos de sargaço nas praias ao leste de Salvador.

Na última etapa do Torneio do Clupesal, notei que o Joel Souza estava com uma bolsa para varas bem bacana, que cabia um bocado de varas. Antes que eu falasse com ele, ele já tinha saído. Como ele está de férias em Siribinha, não tive como falar com ele.

No sábado de Carnaval dei uma passada na Conceição da Praia e fui de loja em loja em busca de novidades. Não tinha achado nada de novo, quando na última loja, a do Careca (Divina Pesca), encontrei a tal da bolsa do Joel.

Na realidade não é uma bolsa para varas e sim para espingarda de caça submarina e demais materiais de mergulho e embora tenha apenas 1, 44 m de altura, dá muito bem para as varas de até 4,05, como a Killer.

Couberam tranquilamente cinco varas entre 3,90 e 4,05m de três partes, uma de 2,70 m de duas partes e uma de 1,40 m. Ainda ficou o lugar livre do arpão, onde pode ser carregado um "bicheiro", com a ponta protegida, claro.

Custou R$35,00 e se suas varas têm até 4,05 m vale a pena dar uma conferida. Ao comprar verifique as costuras, pois a resistência da bolsa é apenas regular.


Se você está vendo um único post, clique na figura abaixo para ir ao Blog Milpesca - Pesca de Praia

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Diário de Torneio VI

E eis a foto do Deco Loureiro já com o troféu de segundo lugar e a medalha de maior peixe da etapa. E, é claro, com a arraia de 3,250 kg.
O resultado oficial já está publicado no Site do Clupesal. Clique aqui para ver.

A foto foi enviada pelo Deco.

Se você está vendo um único post, clique na figura abaixo para ir ao Blog Milpesca - Pesca de Praia

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Diário de Torneio V

Participei nesse final de semana da Segunda Etapa do Sétimo Torneio Individual do Clupesal.

Estava precisando pescar. Foram mais de 21 dias sem pescar, com os dias preenchidos por trabalho intenso e muito stress, sem tempo ou assunto para postar.

Nos acompanhou o Roberto Martins e Família. A viagem e a estadia no Sítio do Conde , graças a essa companhia, foram muito agradáveis.

Primeiro Dia
Chegamos a Pousada Hawai, de Dona Vilma e seu Edi, por volta das 09:30 e já encontramos o Deco e Vanesca e a família Belo, todos já preparando o material. Instalamo-nos e por volta das onze horas almoçamos feijoada, lombo e escondidinho de charque desfiado, levados respectivamente por Lindinalva, Ângela e Vanesca. Ótimo almoço.

O sorteio ocorreu as 12:00 horas, fiquei na raia 3, e as 13:00 iniciamos a pescaria. Peguei apenas quatro peças, sendo que uma delas foi esquecida por Lindinalva. Os peixes maiores, meu objetivo, não deram as caras e a maior peça foi um bagre capturado pelo Erwin.

Logo no início tive um enrosco com os vizinhos das raias à minha esquerda e à minha direita que levou à perda de um carretel (100 m) de multifilamento.

Na foto acima, quem faz a pesagem do primeiro dia é o Erwin. O Aloysio teve a idéia de fazer as plaquinhas para identificar o pescador.
E os meus (poucos) peixes, devidamente identificados na foto.
Roberto, Edalis e Rafael acompanham, atentamente, a pesagem. O Rafael teve um bom desempenho no primeiro dia, ficando em quarto lugar na parcial.

Segundo Dia
Tomamos o excelente café da manhã da Pousada Hawai as 05:30h e as 06:15 já estávamos armando o material. As 07:00 soltou-se o foguete e logo de cara, no primeiro arremesso, o Adelson, duas raias à frente da minha, capturou um dublê com um bagre de cerca de 400 gramas.

Pensei comigo: ôba, vai ser um dia de muito peixe. Ledo engano, paradeiro total. As iscas iam e voltavam intactas. Tentei com pititinga, camarão e grauçá e as iscas voltavam intactas. Tentei várias distâncias e apenas peguei um bagre pequeno, cerca de 100 gramas, quando deixei a linha frouxa por mais de 40 minutos. O vizinho a meu lado saiu de sapateiro, o do outro lado pegou apenas um bagre. Seu belo mais a frente pegou apenas dois ou três peças pequenas e o Adelson pegou mais dois. Por volta das onze horas peguei mais um cabeçudinho, minúsculo, com o camarão e um anzol offset 2. Na metade em que estávamos apenas o Aloysio, na extremidade, pegou uma quantidade razoável.

Mas enquanto isso, na outra metade das raias, o Deco Loureiro, a 10 minutos do final, capturou uma arraia de 3,250 kg. Ao longe eu via o sufoco dele para retirar a peça da água. Em minha percepção, foi o único peixe que valeu à pena nos dois dias.

Mas mesmo com a arraia, no resultado divulgado lá, o Deco ficou em segundo lugar, superado pelo Erwin Bobel em número de peças. Aliás o desempenho e a eficiência do Erwin é um caso digno de nota, mantendo sempre uma constância nos resultados, mesclando peixes de vários tamanhos. Em conversa com ele, ficamos de marcar uma espécie de seminário para compartilhamento dos seus conhecimentos.

Encerrada a pesagem e a distribuição dos troféus, fomos com o Roberto, Ângela, Rafael, Priscila e Edialis almoçar no Zeca e Zeca. Eu e Lindinalva falamos tanto no camarão do Zeca e Zeca que eles quiseram conhecer. E o almoço, mais uma vez, foi excelente. Após o almoço retornamos a Salvador.

As fotos são do Roberto e do Aloysio.


Se você está vendo um único post, clique na figura abaixo para ir ao Blog Milpesca - Pesca de Praia