caiaque bahia

caiaque bahia
Visite o Caiaque Bahia - clique na imagem

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Carregador de Caiaque do Roberto Martins - Kayak Loader by Roberto Martins

Recebi fotos e vídeo enviados pelo amigo e caiaqueiro Roberto Martins do dispositivo que ele construiu para uso em seu SUV, um Suzuki Grand Vitara, que é alto e também tem um spoiler que se projeta para o fundo.

O Roberto agregou valor ao dispositivo ao colocar rolamentos no rolete onde a quilha do caiaque desliza. Esse dispositivo já é também um preparativo para um novo possível caiaque, um Hobie Outback, bem mais pesado que os nossos atuais Barracudas.
    

domingo, 14 de julho de 2013

Loja do Budião

Mais um FDS que foi para "o saco". Ventos de 30 km por hora, ameaça de chuva, esse inverno nordestino, apesar de poucas chuvas, tem sido de um vento constante.

Aproveitei esse sábado para comprar umas garateias maiores, já que o colega caiaqueiro Jorge Barreto indicou que os oito ataques sem captura que tive em uma nova isca foi por conta da garateia pequena.

Como o colega Marcão tinha me dito que o Bahia e o Budião tinham agora uma loja de material de pesca lá na Ribeira, no Largo da Madragoa, no Posto BR, fui lá conferir. (clique nas imagens para ampliar)

Quando lá cheguei o Cleonil (Budião) atendia um cliente sempre com as boas dicas. Ele continua com o conserto de varas, de molinetes, carretilhas e tem uma parceria com o Anselmo, famoso RodMaker baiano.

A loja é pequena e simpática e encontrei as garateias que queria a um preço melhor que na Internet e na Conceição da Praia. Budião então mostrou-me uma das novidades da loja que achei bem interessante para pesca de praia, no dia dia e principalmente para uso em torneios.
É o HookAir (pronuncia-se "rouque er") e é um armazenador de anzóis já encastoados e prontos para uso.Veja nas foto e vídeos abaixo como funciona.
O filminho abaixo mostra como funciona.



O telefone da loja é 71 3017-3016 e o cel deles está no folheto abaixo. Sucesso companheiros.


sábado, 6 de julho de 2013

Trocando o Prendedor do Molinete (reel seat)

Tinha dito a Lindinalva que não mais mexeria em resina epóxi em casa, mas quando o Ruy da Sandália Rosa me falou que tinha uma vara que foi presente do saudoso Cesar Bigode, mas que estava com o reel seat com problema, não resisti e disse que faria o reparo para ele.

Ontem o Ruy trouxe o reel seat Fuji e hoje realizei o reparo. Nas fotos a seguir está o andamento do reparo e no finalzinho tem um vídeo da PAPASIRI mostrando o que deve ser feito nesse casos e os cuidados a tomar. 

Como foi usado até araldite com areia em algum reparo anterior, até o araldite teve que ser serrado para ser retirado. Depois de tudo retirado, até com uma "faquinha" de caça,  apliquei uma lixa de ferro 400 e depois limpei com a acetona e algodão. 

Tinha comprado um filme de fibra de carbono para aplicar no jipe em um local que sempre arranhava, mas como vendemos o jipe, usei o filme para revestir a vara. 

Ao final fiz os arremates com linha rosa (claro, trata-se de meu amigo Ruy, e tenho certeza de que o Cesar Bigode, lá de cima, concordou com a cor usada).  Clique nas fotos para ampliar.











terça-feira, 2 de julho de 2013

Caiaque Versus Carro Alto - SUV Kayak Loader Homemade

Histórico

Nosso jipe tinha 1,85m de altura e demorei para desenvolver uma técnica de carregar e descarregar o caiaque com segurança, Clique aqui para ver como o caiaque era carregado no jipe. Com foco em uma viagem ao Peru que faremos no segundo semestre, trocamos o jipe por um SUV, mais confortável para três pessoas e menos sensível à excesso de bagagem, inevitável quando se tem duas companheiras de viagem. 

O problema é que apesar do SUV ter aproximadamente a mesma altura do jipe, além de não ter o pneu de socorro na traseira, onde eu apoiava o caiaque antes de empurrá-lo para cima do carro, ainda tem um aerofólio que projeta-se para o fundo do carro. Para complicar, se em 1976, aos 18 anos, eu tinha 1,71 de altura, hoje aos 55 anos tenho 1,69m. Acredito que esses centímetros não sumiram, mas multiplicaram-se e foram para os lados :-) .


O dispositivo


A ventosa tripla, que pode ser adquirida em casa de ferragens ou em sites de leilão na internet,  teve que ser totalmente segmentada (separada com uma serra) devido à curvatura do vidro traseiro do nosso SUV e se o vidro traseiro de seu SUV é plano, você não precisará segmentar.

O eixo principal é em tubo de alumínio de 3/4" e "embuchado" com EVA de 2mm para que trabalhe e se adapte à curvatura do vidro sem perder às funções de suporte. As ventosas depois de separadas e encurtadas em 2 mm, foram novamente unidas com uma dobradiça de aço inox, o que a deixa articulável mas também bem firme. O tubo da ventosa, onde agora passa o eixo de alumínio embuchado com EVA, perdeu 15 mm para poder ficar bem articulável, mas você pode cortar menos, cerca de 5 mm apenas, sem problemas.

Ligando o eixo de alumínio à trave, tem um joelho de redução em PVC de 20/25 mm. Toda a trave é em PVC.

Os "rolinhos" deslizantes na trave foram feitos com carpete enrolado no tubo de PVC, sem aplicar cola no tubo, só entre as voltas do carpete. A cola utilizada no carpete foi  a cola de contato (cola de sapateiro).

As fitas com os ganchos são para evitar que a trave onde o caiaque desliza desça durante o descarregamento.

Os acabamentos das pontas são pés de borracha de cadeiras metálicas.

Sem mais delongas, abaixo está o vídeo com o dispositivo e como o utilizo.
A inspiração veio de diversos dispositivos semelhantes encontrados na NET.